Térmico directo ou Térmico transferência? Como escolher

UINOU Directo vs Transferência

Esta é uma questão que os nossos clientes nos colocam frequentemente, e muito bem: “Necessito de etiquetar os meus artigos de forma rápida eficaz e económica, mas qual a tecnologia mais indicada?”

A impressão térmica existe já há vários anos e é uma forma muito eficiente de identificar os seus artigos, mas existem 2 mêtodos que deverá avaliar: Impressão térmica directa ou impressão térmica por transferência. Basicamente o principio de funcionamento é o mesmo, comandada por um software especializado a impressora irá com a sua cabeça de impressão térmica fazer uso calor controlado “pixel a pixel” para compor a mensagem (palavras, gráficos, preços etc) na etiqueta.

Na impressão térmica directa, a impressora irá “queimar” directamente a informação no papel de etiqueta (semelhante aos talões de POS ou multibanco), enquanto que na transferência térmica a impressora irá “estampar” a etiqueta com uma determinada tinta que está suportada no que chamamos ribbon.

A impressão térmica directa utiliza etiquetas de material sensível ao calor tratada quimicamente que escurece quando passa sob a cabeça de impressão térmica, enquanto que a impressão por transferência térmica usa utiliza ribbons para produzir imagens mais duradouras e poderá utilizar uma ampla variedade de materiais (polipropilenos, poliésteres, PET, artydel, poliamida, cetim, poliéster, TPU transparente).

As duas opções tem lugar e aplicações no mercado, e forçosamente cada uma terá as suas vantagens bem como limitações. Para melhor o ajudarmos poderá solicitar o nosso contacto e um colega especializado terá todo o gosto em esclarecer.

Entretanto, poderá observar a seguinte tabela comparativa:

 

Térmico Transferência

Térmico Directo

Melhor para

  • Aplicações de longo prazo
  • Maior durabilidade da impressão
  • Aplicações a curto-prazo ou de uma só utilização

Ambiente

  • Industrial
  • Espaços interiores ou exteriores
  • Temperaturas extremas
  • Exposição aos meios
  • Sem exposição ao calor, longos períodos de luz solar directa e desgaste
  • Apenas espaços interiores
  • Temperaturas controladas

Ideal para

  • Identificação de produtos
  • Etiquetagem de produtos
  • Identificação de inventário
  • Etiquetas certificação UL/CSA
  • Espécimes de laboratório 
  • Armazenamento de produtos congelados
  • Aplicação de etiquetas no exterior
  • Monitorização de placas de circuitos 
  • Identificação permanente
  • Etiquetas de transporte
  • Rótulos de conformidade
  • Recibos
  • Bilhetes
  • Pulseiras de pacientes
  • Cupões
  • Bilhetes de eventos
  • Citação
  • Bilhetes de estacionamento
  • Chapas de identificação
  • Passes de visitante

Como funciona

  • Utiliza ribbons, e cabeças de impressão
  • Ribbons de varias qualidades: cera, mistura, resina, resinas textil, resinas especiais. O calor derrete a tinta do ribbon e assim transfere a tinta para a etiqueta
  • Não utiliza ribbons, mas utiliza cabeças de impressão
  • Papel químicamente tratado, sensível ao calor passa por de baixo da cabeça de impressão. O calor queima as imagens diretamente na etiqueta.

Benefícios

Qualidade de impressão superior

  • Preciso, texto com alta-definição, gráficos, e códigos de barras
  • Etiquetas de alta qualidade
  • Consistente, images fiáveis em todas as etiquetas
  • Variedade de papel, poliéster e polipropileno quase ilimitada

Legibilidade máxima

  • Etiquetas de longa duração
  • Excelente definição
  • Resistente a calor e humidade 
  • Imagens não desaparecem
  • Códigos de barras 1D e 2D

Baixos custos operacionais

  • Cabeças de impressão durão mais
  • Regra geral as impressoras duram mais
  • Custos de manutenção a longo-prazo mínimos

Simples de usar

  • Imprime diretamente para a etiqueta 
  • Sem a necessidade de Ribbon, toner ou tinta
  • Principalmente usada em impressoras desktop

Boa legibilidade

  • Imagens com qualidade clara
  • Scan fácil
  • Etiquetas com longevidade suficiente para maior parte das utilizações de códigos de barras

Acessível

  • Custo de operação menor do que as máquinas de transferência térmica
  • Custos a longo-prazo menores devido à menor necessidade de substituição de consumíveis

Limitações

Custos maiores de abastecimento

  • É necessário mudar sistematicamente os ribbons
  • Necessario maior “know-how” para seleccionar correctamente os ribbons adequeados à finalidade

Maior custos de instalação

  • Investimento inicial é médio para o grande

Sensível ao ambiente onde se encontra

  • Pode desaparecer com o tempo
  • Sobre-exposição a calor ou luz escurece o material, fazendo códigos de barras ilegíveis 
  • Não aguenta desgaste

Problemas de utilização

  • Etiquetas menos resistentes do que as feitas por térmico de transferência
  • Melhor para etiquetagem a curto-prazo
  • Não recomendado para identificações de longo-prazo
  • Legibilidade depende imensamente das condições de utilização

Compre com confiança e segurança pois a nossa empresa disponibiliza serviço técnico experimente e especializado em hardware e software. Além disso, o nosso nível de serviço assegura um tempo de resposta imediato a qualquer solicitação.

Assim, não hesite em solicitar ajuda de um especialista da UINOU para que possa saber mais sobre o produto.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp